.posts recentes

. ...

. A Geringonça

. Presépio ao Vivo 2016

. Sr Contente e Sr Feliz

. ...

. NATAL HOJE

. A ÓPERA DOS MALANDROS

. O BRASEADO

. FOI POR VONTADE DO POVO

. Halloween português

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

NATAL HOJE 2014

Natal hoje   - 2014

          

 

Há mais de 2000 anos que no Natal assistimos à mesma cena, aos mesmos personagens, ao mesmo ritual.

O mundo foi evoluindo desde então.

Passámos da era agrária para a industrial e agora que vivemos uma era de tecnologia tão avançada, o Natal terá que ter também uma qualquer evolução, mantendo contudo o mesmo respeito pelos principais intervenientes: Maria, José, o Menino, os 3 Reis Magos e até os animais (burros e vacas é o que não falta nos nossos dias)

Neste contexto, não poderemos esquecer a figura carismática do Pai Natal.

E é exactamente pelo Pai Natal que iremos começar a nossa viagem pela modernização.

Numa época de consumismo exagerado e de uma economia global tão precária, é no entanto incontornável a manutenção da tradição de presentes para crianças e adultos, (o que seria do comércio?)

Esta tradição milenar terá pois que marcar presença na dita época festiva mas, com algumas alterações.

O Pai Natal não tem que continuar gordo. Já não se justifica quando abundam livros de ajuda alimentar saudável, dietas várias e ginásios para todas as posses e gostos.

Também não tem que ser tão idoso. A idade estipulada para a reforma é a de 65 anos (não haverá sindicalistas lá em cima?)

Também não precisa de ser puxado por renas.

Agora as viagens Low Cost já facilitam muito o trânsito de pessoas por todo o mundo. É certo que controlam bastante o peso das bagagens mas o Pai Natal também não precisa carregar grandes sacos pois os presentes, enquanto proporcionalmente mais caros, também são de menor tamanho, por exemplo os telemóveis e jogos de computador, tão massivamente apreciados pela maioria das crianças.

Agora as mensagens para os brinquedos poderão ser feitas por SMS’s e bastará para isso que o Pai Natal seja portador de um IPAD para saber onde os distribuir

Foquemo-nos agora no Presépio: o Menino já deve estar farto de nascer nas palhinhas e ser bafejado por burros e vacas e também não deve gostar de ser filho do Espirito Santo, uma vez que isso não lhe dará grandes garantias de estabilidade no futuro (os tempos não são bons).

Maria não precisará de estar sempre ajoelhada junto do Menino pois, com um qualquer comunicador Chicco, ela poderá passear pelo deserto com José e saber quando o Menino chorar.

Os 3 Reis Magos já não terão necessidade de uma estrela para os guiar até Belém. Existirá um Drone para lhes facilitar o caminho ou poderão também optar por um GPS.

E as prendas para o Menino?

Quais incenso ou mirra!

Um telemóvel, uma play station, jogos de computador ou até umas quaisquer fraldas Dodot terão muito mais utilidade para o Menino.

Os Reis Magos também já não montarão camelos. Terão Buggies para se deslocarem no deserto.

Os anjos que costumavam há milénios dar música ao Menino, serão substituídos por Tony Carreira que, em frente da cabana da Família, fará um concerto onde, para além de uma horta do Continente para alimentação dos animais, estará montada uma barraca de farturas e de pastéis de Belém, claro.

Ele cantará, pela enésima vez a sua canção preferida”os meus sonhos de menino” para o Menino.

E seria assim o Natal hoje….

 

Ah!

Este escrito não pretende ofender nem o Céu, nem a Terra

                                             Ana Briz

                                                          


publicado por brizissima às 17:54

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.tags

. todas as tags

.favorito

. GAZETILHA

. NEVOEIRO

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds