.posts recentes

. ...

. A Geringonça

. Presépio ao Vivo 2016

. Sr Contente e Sr Feliz

. ...

. NATAL HOJE

. A ÓPERA DOS MALANDROS

. O BRASEADO

. FOI POR VONTADE DO POVO

. Halloween português

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

Terça-feira, 31 de Julho de 2007

POESIA ERÓTICA

 

 

INVENTA

(SE QUISERES)

MEU CORPO AO TEU DESEJO.

ALONGA OS DEDOS

PARA ME TOCARES

MAIS LONGE,

MAIS FUNDO.

DESENHA AS DUNAS

QUE O CAMINHO DA MINHA NUDEZ

TE SUGERIR.

PENETRA NAS CAVERNAS

ONDE UM QUALQUER MAR SALGADO

TE NAUFRAGUE.

E, SE O MEU CORPO SEREIA

TE CANTAR,

PRENDE-TE AO FULGOR DOS MEUS CORAIS

EM ORGASMOS

DE AZUL

E DE ESPUMA.

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

 

 

COR DE CANELA O MEU CORPO

SABE A BAUNILHA. E DO BEIJO

DOS MEUS POROS SAI UM SOPRO

DE ANIS, DOCE BAFEJO

 

NESTA TERNURA DE ODORES

TODA ME OFEREÇO, INDEFESA,

PODES PÔR ESTES SABORES

NO LINHO DA TUA MESA

 

SE RECUSARES ESTA OFERENDA

DE DESLUMBRANTE FULGOR

QUE EU ME DESVIE, DESPRENDA,

EM ARREPIOS DE LANGOR

 

NÃO MAIS BEBERÁS O MEL

DA MINHA COLMEIA LOUCA

NEM SABOR DA MINHA PELE

SERÁ SETA EM TUA BOCA.

 

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

 

 

                       NOITE

 

VEM PERCORRER A NOITE

NO MEU CORPO

 

O LUAR SUCUMBIU

AO BRILHO DO MEU OLHAR

E CAÍU EM MIL PEDAÇOS

 

HÁ ESTRELAS PERDIDAS

POR ENTRE OS MEUS CABELOS

 

E A BRISA CORRE, EM CARÍCIAS,

PELAS DUNAS SUAVES DO MEU PEITO

 

O SILÊNCIO ANINHOU-SE

NA PLACIDEZ DOS MEUS LÁBIOS FECHADOS

 

PELA MINHA PELE PERPASSA

A FRESCURA DE MANHÃS DESEJADAS

 

NA PLANURA BRANCA DO MEU VENTRE

TEM A NOITE O SEU RETIRO DE AMOR

 

E OS MEUS BRAÇOS

ADORMECEM TODOS OS CANSAÇOS...

 

VEM PERCORRER A NOITE

NO MEU CORPO

 

VEM COLHER EM MIM

A MADRUGADA....

 

 

http:brizissima.blogs.sapo.pt

 

 

 

 

 


publicado por brizissima às 22:11

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De A. João Soares a 1 de Agosto de 2007 às 12:14
Quando tanto se fala na necessidade de educação sexual nas escolas, estes versos devem tornar-se leitura e interpretação obrigatória, JÁ!
Os preparativos, os aperitivos são indispensáveis para o bom proveito do repasto.
Mas, seja-me permitida uma sugestão, para evitar a congestão, parece melhor colocar cada bomba destas em seu post. Saboreia-se mais a fundo a primeira sem estar com ânsias da segunda (refiro-me à poesia!). Nos seus bons livros há páginas com apenas uma quadra. Esse exemplo pode aplicar-se aqui, pra ser apreciado sem pressa.
Parabéns pela produção e agora é preciso tornar conhecido este blog
Abraço


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.tags

. todas as tags

.favorito

. GAZETILHA

. NEVOEIRO

blogs SAPO

.subscrever feeds