.posts recentes

. ...

. A Geringonça

. Presépio ao Vivo 2016

. Sr Contente e Sr Feliz

. ...

. NATAL HOJE

. A ÓPERA DOS MALANDROS

. O BRASEADO

. FOI POR VONTADE DO POVO

. Halloween português

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

Sábado, 31 de Maio de 2008

PORTUGAL E OS SABORES

O que está a acontecer

com as nossas tradições

é difícil d'entender

e arranha os corações

 

Querem acabar com tudo

o que de bom cá existe

e o nosso Povo, é mudo?

Não se assanha, não resiste?

 

Então Pastéis de Tentugal

estão em vias de extinção?

E deixará Portugal

vencer-se sob pressão?

 

Quando se propõe alguém

estragar o Queijo da Serra

tirar-lhe a graça que tem

só podem querer...   é guerra.

 

Oh, senhores lá de Bruxelas,

tenham tento, tenham calma,

guardem as vossas cautelas

para países sem "alma"

 

Pois Portugal tem idade

tem "griffe" e sabedoria

tem garra e tem vaidade

são as suas mais valias

 

Que o Governo tenha senso

não se abaixe em demasia

quem se abaixa fica tenso

e mal na fotografia

 

E a ASAE que se contenha

nos seus excessos de zelo

é preciso que mantenha

"na venta" ainda algum "pêlo"

 

Que se preocupe a Europa

com coisas mais importantes

deixe cá a nossa "tropa"

de belos sabores, impante

 

Enquanto eu puder escrever

sem ter as "papas na língua"

não me deixarei vencer

nem terei crítica à míngua

 

Temos todos que lutar

cada um com o seu jeito

para Portugal salvar

pra um país mais perfeito.

 

 

 


publicado por brizissima às 11:07

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

E ASSIM VAI...O NOSSO PAÍS - Gazetilha

 

Aí temos a Selecção

para alienar o Povo

é preciso distracção

se não há nada de novo.

Mostrar a intimidade

dos "Incríveis" é demais

é falta de seriedade

nos nossos telejornais.

Petróleo sempre a subir

cada dia, cada hora,

são pessoas a carpir

pelo euro, pelo dolar.

O Governo nada faz,

a Oposição discute

não a fome, não a paz,

apenas quem a dispute.

A eleição é pra breve

mas será "igual ao litro"

quem quer que ganhe, ao de leve,

tem no Governo o apito.

Temos portanto 3 tópicos

de grande badalação

eleições no PSD

petróleo e a Selecção.

Vou dizer-te, meu amigo,

o que eu prefiro afinal:

se nada mudar consigo

vou gritar por Portugal.


publicado por brizissima às 21:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

EM LOUVOR À VIDA

Louvo-te Vida, plo prazer que sinto

em respirar-te, meu pulmão amado,

simbiose perfeita, sabor d'absinto

em lábios de amantes, da cor do pecado.

 

Louvo-te Vida, caminhar ligeiro,

pedra filosofal, sublime ambição,

poesia de canto passageiro

moldando o barro da nossa condição.

 

Aos teus prazeres e a ti te louvo, Vida,

carnaval de emoções, caleidoscópio,

 breve a estadia mesmo se cumprida

ardentemente, inalando ópio.

 

Louvo-te Vida, até à saciedade

nos delírios da pedra e do cetim

em inefável grito à liberdade

luta insana  travada por mim.

 

Asa, brasa, lua de sangue, tropel,

louvo-te Vida, estóica, qual Zenão

baloiçando em papagaios de papel

ou ferindo fragas, garras de falcão.

 

Louvo-te Vida, luta incendiada

na mutação faíscante do vaivém

total sinestesia desvendada

na pureza grandiosa que detém.

 

Louvo-te Vida, teu pulsar latente

seios dilatados, seiva uterina

no inebriar de um nascer ardente

em gloriosa sanha feminina.

 

Vou enfeitar-me com veludos, rendas,

pedras preciosas, vestida de amor,

bela esperando para que me prendas

entoando poemas para teu louvor


publicado por brizissima às 23:36

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Plagiando JOSÉ RÉGIO "FUMO NEGRO"

 

"deixa de fumar" dizem-me alguns com olhos doces

estendendo-me os braços e seguros

de que seria bom que eu os ouvisse

quando dizem: "deixa de fumar"

Eu olho-os com os olhos baços

há nos meus olhos desafios e cansaços

e pego nos (maços)

e nunca deixo de fumar.

 

A minha felicidade é esta:

criar ansiedade, não ouvir ninguém

que eu nasci já com vontade de fumar

do ventre da minha mãe

 

Não, não deixo de fumar, só faço

e vou, onde me levam meus próprios passos.

Se ao prazer que tenho nenhum de vós responde

porque me repetis " não fumes mais"

Prefiro escorregar nos becos lamacentos

poluir os ventos com beatas

sujar os pavimentos

e fumar, até não poder mais.

 

Se vim ao mundo foi

só para poluir florestas virgens

e calcar beatas na areia inexplorada.

O mais que faço

não vale nada.

 

Como pois sereis vós

que me dareis conselhos paliativos e coragem

para eu derrubar os obstáculos?

Corre nas minhas veias sangue velho de avós

e vós, amais o que é certo.

Eu amo o cigarro e a fumaça,

amo os abismos, torrentes de tosse, o incerto.

 

Ide, tendes salas especiais

tendes jardins, tendes canteiros,

tendes espaços reservados em aviões

e tendes regras e tratados

e filósofos e sábios.

Eu tenho a minha loucura

ergo o cigarro como um facho

a arder na noite escura

e sinto o sangue e a secura nos lábios.

 

Deus e o Diabo é que me guiam, mais ninguém!

Todos tiveram pai, todos tiveram mãe

mas eu, que nunca de fumar acabo,

nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

 

Ah!, que ninguém me dê piedosos conselhos

ninguém me peça explicações

ninguém me diga: "deixa de fumar"

A minha vida é um fumo que se soltou

é um pulmão que se inflamou

é um átomo de prazer que se animou.

Não sei por onde vou andar

não sei aonde irei parar

sei, que "não vou deixar de fumar


publicado por brizissima às 22:25

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.tags

. todas as tags

.favorito

. GAZETILHA

. NEVOEIRO

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds