.posts recentes

. ...

. A Geringonça

. Presépio ao Vivo 2016

. Sr Contente e Sr Feliz

. ...

. NATAL HOJE

. A ÓPERA DOS MALANDROS

. O BRASEADO

. FOI POR VONTADE DO POVO

. Halloween português

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

SEGURA O MEU AMOR

Porque hoje é o Dia dos Namorados aí vai para todos os enamorados:

 

Segura o meu amor entre os teus dedos

tal como a flor retém os seus odores

como cioso o mar guarda os segredos

e os amantes escondem os amores

 

Segura o meu amor entre os teus beijos

como em Abril respira a primavera

como a noite se enreda de desejos

para escutar o canto da Severa

 

E aí, bem seguro entre os teus dedos,

o meu amor então, perdidos medos,

vai cantar-te ao ouvido, de mansinho,

 

E em mensagem doce, dia a dia,

renascerá a paz e a alegria

e a vida passará, devagarinho...


publicado por brizissima às 21:34

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

Pinceladas de poesia

Sou pintora de palavras, de ideais,

teço cores em mesclado sentimento

eternizo em pinceladas o momento

em poemas pictóricos, irreais

 

Com fulgor são as letras desenhadas

nuances de aguarela no meu verso

na imensidão do cósmico universo

canto a luz sensual das madrugadas

 

Tons de pastel, palavras ambarinas,

gritos de alma erguidos como crinas

de cavalos à solta, em desvario

 

Minhas emoções assim vão, sem cessar,

plos espaços confinados ao sonhar

em cores-poemas que só eu recrio

 


publicado por brizissima às 22:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.tags

. todas as tags

.favorito

. GAZETILHA

. NEVOEIRO

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds