.posts recentes

. ...

. A Geringonça

. Presépio ao Vivo 2016

. Sr Contente e Sr Feliz

. ...

. NATAL HOJE

. A ÓPERA DOS MALANDROS

. O BRASEADO

. FOI POR VONTADE DO POVO

. Halloween português

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

Sábado, 31 de Maio de 2008

PORTUGAL E OS SABORES

O que está a acontecer

com as nossas tradições

é difícil d'entender

e arranha os corações

 

Querem acabar com tudo

o que de bom cá existe

e o nosso Povo, é mudo?

Não se assanha, não resiste?

 

Então Pastéis de Tentugal

estão em vias de extinção?

E deixará Portugal

vencer-se sob pressão?

 

Quando se propõe alguém

estragar o Queijo da Serra

tirar-lhe a graça que tem

só podem querer...   é guerra.

 

Oh, senhores lá de Bruxelas,

tenham tento, tenham calma,

guardem as vossas cautelas

para países sem "alma"

 

Pois Portugal tem idade

tem "griffe" e sabedoria

tem garra e tem vaidade

são as suas mais valias

 

Que o Governo tenha senso

não se abaixe em demasia

quem se abaixa fica tenso

e mal na fotografia

 

E a ASAE que se contenha

nos seus excessos de zelo

é preciso que mantenha

"na venta" ainda algum "pêlo"

 

Que se preocupe a Europa

com coisas mais importantes

deixe cá a nossa "tropa"

de belos sabores, impante

 

Enquanto eu puder escrever

sem ter as "papas na língua"

não me deixarei vencer

nem terei crítica à míngua

 

Temos todos que lutar

cada um com o seu jeito

para Portugal salvar

pra um país mais perfeito.

 

 

 


publicado por brizissima às 11:07

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De A. João Soares a 31 de Maio de 2008 às 12:14
Apetece-me cantar «Viva a Maria da Fonte»
O povo tem de acordar da sonolência em que tem sido mantido. Onde está o povo português do tempo da padeira de Aljubarrota? De que estão à espera? Já motivo mais do que suficiente para reagir.
Há dias num comentário uma senhora comparava a nossa vida actual com a França antes da revolução, e o povo teve a coragem de fazer o 14 de Julho de 1789, a que o mundo posterior muito ficou a dever.
Os dorminhocos não fazem a história, apenas tornam os pântanos mais putrefacto e asquerosos.
Parabéns por este poema, que é um hino ao Portugal de amanhã, que merece ser recitado por todo o lado no dia 10 de Junho em que queremos ver Portugal mais alto, um culto aos valores tradicionais que tornaram Portugal grande , até serem desprezados por gente renegada.

Beijos
João


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.tags

. todas as tags

.favorito

. GAZETILHA

. NEVOEIRO

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds